Como o vídeo se tornou uma ferramenta tão essencial

Desde o surgimento da internet, nos anos 90, o mundo avançou anos luz comparado aos anos em que ela não existia. Com essa nova tecnologia, inúmeras possibilidades de contato com pessoas e fatos, que até então eram distantes, se tornaram mais prováveis.

O surgimento do vídeo

O vídeo foi um dos principais avanços que a tecnologia trouxe. Ele surgiu através de estudos feitos pelos irmãos Lumière do fenômeno da persistência retiliana. Este conceito descreve a habilidade do cérebro humano em reter a luz na retina mesmo depois da estimulação original ter sido removida. A partir desse princípio, e com o surgimento da fotografia instantânea, os irmãos Lumière inventaram o cinematógrafo, em 1895, que era um aparelho capaz de capturar imagens em movimento e projetar posteriormente sobre uma superfície de écran.

O surgimento do vídeo possibilitou a criação de uma nova indústria, a audiovisual. No início as câmeras de vídeo eram analógicas, anos depois se tornaram digitais e foram desenvolvidas com uma tecnologia mais avançada.

O maior site de vídeos do mundo, o Youtube, possuiu mais de 1,3 bilhão de usuários ativos, e recebe mais de 300 horas de vídeo por minuto. Desde 2016, já atinge mais adultos entre 18 a 49 anos nos EUA do que qualquer outro canal de televisão americano.

As redes sociais, maior propagadora de informações do mundo, em 2006 cresceram fortemente no Brasil, e possibilitaram o aumento da criação de vídeos curtos e objetivos.

Com essa introdução, de como surgiu às câmeras que captavam os movimentos das imagens, o Youtube e as redes sociais, começo o meu depoimento sobre como o vídeo mudou o jornalismo (minha experiência).

Desde o início da minha faculdade (jornalismo) iniciada há quatro anos, pude perceber a mudança significativa em como a comunicação passou a utilizar a ferramenta (vídeo) de uma maneira mais atuante e rápida – curtos de no máximo 2 minutos.

Informar já não é, há anos, apenas pelo texto escrito e seu tamanho, (quanto maior, mais informações), e sim de qual maneira e meio ele vai atrair o espectador ou leitor. Vídeos curtos, de no máximo 2 minutos, hoje em dia atraem mais que um texto grande ou um vídeo considerado longo, de 5 a 10 minutos.

A vida se tornou instantânea, somos bombardeados com informações, pela internet, e por todas as redes sociais, publicações no facebook, instagram, twitter, snapchat, sites de notícias, canais de TV online, como o globo play e youtube (claro). São inúmeros caminhos e milhares as possibilidades de atração. Não é fácil atrair um leitor ou telespectador, (até o fim), com todas essas opções.

Os sites de notícias tentam… A notícia multimídia tomou conta de sites importantes como UOL. Segue link de um modelo multimídia:

https://www1.folha.uol.com.br/tv/2018/03/mariliz-pereira-jorge-responde-a-comentarios-feitos-em-suas-colunas.shtml

Nessas notícias, os vídeos são utilizados para complementar a matéria escrita, e também para “entreter” os usuários da rede. É por isso que, hoje em dia, o vídeo é considerado tão importante pelos meios de comunicação.

Duda Manzoni / Jornalista

Imagem vídeo.1

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: