O Brasil (com sustentabilidade) que eu quero!

Todos os dias, ao assistir aos telejornais da TV Globo, me deparo com o seguinte questionamento: E você? Qual é o Brasil que você quer? A correria do dia a dia, vez ou outra, me faz esquecer, mas o Brasil que eu quero é construído cotidianamente por todos nós e não apenas por uns ou outros. O envolvimento e a atuação das organizações são fundamentais para a consolidação de uma sociedade equilibrada e sustentável.

Empresas discutem, falam, refletem, repensam e planejam suas atividades em cima desses dois termos desde a década de 70, com o objetivo de desenvolver suas atividades para ‘suprir as necessidades da geração presente sem afetar a possibilidade das gerações futuras de suprir as suas’. Essa definição foi descrita em 1987, no Relatório de Brundtland.

Trinta e um anos se passaram e o desenvolvimento sustentável se tornou caminho sem volta. Não há mais tempo para agirmos sem pensarmos nos impactos que nossas ações têm para as futuras gerações. Não dá mais tempo para ignorarmos que a tarefa deve começar em casa, em uma pequena escala, enquanto organizações potencializam essa proporção.

Repensar e agir com consciência faz parte da proposta de grandes empresas. O Scale for Good usa toda a força, tamanho e alcance da marca McDonald’s para impulsionar mudanças reais. A ‘escala para o bem’ tem como premissa dar a companhia a responsabilidade e oportunidade de agir em alguns dos desafios sociais e ambientais mais urgentes da atualidade.

Foi assim que nasceu o Programa de Desenvolvimento Sustentável, que trouxe para Ribeirão Preto (SP) a Feira da Sustentabilidade McDonald’s no sábado, 16 de junho. Um dia repleto de atividades com um só objetivo: compartilhar conhecimento sobre os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (ODS)*.

A feira apresentou, em parceria com a Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, marcas como a Treta Pak, Cargill, AES Tietê e ONG Aldeias Infantis para gerar o debate sobre as ODS, tudo de uma maneira lúdica e divertida. A presença dos personagens Monica e Cebolinha, que ilustram um gibi desenvolvido pelo Instituto Maurício de Sousa, mostrou que aprender é sim muito divertido e é só por meio da educação (seja ela de nossas crianças, de nossos jovens e até mesmo a dos adultos e líderes) que podemos melhorar nosso futuro.

A resposta para a pergunta do primeiro parágrafo é um Brasil Sustentável, com cidadãos conscientes e capazes de reconhecer que são sim responsáveis pela construção de um país mais justo e mais sustentável, tanto quanto nossos governantes. Quero um país onde sejamos capazes de pensar no todo, antes de pensar na parte. Quero um país com mais e mais empresas montando suas barracas nas ruas, nas praças, junto com o poder público para compartilhar o que aprenderam sobre sustentabilidade com suas comunidades, estimulando e fomentando o CONHECIMENTO. Dando bons exemplos. Instigando seus públicos internos e externos. E a tarefa começa em casa. Tanto naquelas instituições com dezenas de milhares de funcionários, que se forem inspirados por boas práticas, irão replicar em suas casas,  quanto na minha própria casa, com a separação de resíduos (independente se o poder público faz a parte dele de recolher ou não), com o uso consciente da água (sem desperdício), troca de lâmpadas incandescentes por lâmpadas de LED (afinal, a troca por lâmpadas de LED gera até 80% de economia de energia)…

Se cada brasileiro for capaz de cuidar do seu entorno, os entornos se encontram e geram um país melhor. E obrigada, McDonald’s! Por ir para a rua e por me ensinar no dia 16 de junho, de maneira divertida, que eu sou responsável pelo Brasil que eu quero!

* Acesse esse link e se delicie com Monica e Cebolinha explicando o que são os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU.

Marcela Barbin / Relações Públicas

35403112_1703220306465206_6082092235698995200_o

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: