O certo, o razoável e o abominável

Outro dia, quando estive almoçando na casa da minha mãe, uma ativa senhora de 85 anos, ela me fez um pedido: você poderia escrever um artigo sobre a situação das nossas praças? Ela tinha bem debaixo do nariz, ou melhor, bem em frente a sua residência no Alto da Boa Vista aqui em Ribeirão Preto,... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑